SINPREFI REALIZA 6ª VIDEOCONFERÊNCIA COM O CANDIDATO A PREFEITO CÁSSIO LOBATO (PATRIOTA)
Cássio Lobato (PATRIOTA) foi o candidato a participar da 6ª videoconferência promovida pelo SINPREFI. Na tarde desta quinta-feira (05), em torno de 15 profissionais da Educação Municipal que se inscreveram previamente acompanharam a videoconferência.
Elaine Cardoso Teotônio, diretora pedagógica do SINPREFI abriu a videoconferência apresentando currículo e atuações de Cássio Lobato. Na sequência, o candidato respondeu sobre a decisão de concorrer ao cargo de prefeito no Foz do Iguaçu.
“Minha família chegou em Foz em 1950, eu nasci em 1968. Lá se vão 52 anos de conhecimento da cidade. Nesses 52 anos eu observei alguns momentos, positivos e negativos. O período de 1974 a 2005, nós saímos de 30.000 habitantes para 260.000 habitantes. A cidade cresceu bastante. Mas de 2005 pra cá é um período de estagnação total. Quando você tem um grande faturamento, mas as pessoas estão indo embora, significa que o serviço público não está fazendo o dever de casa. Não está proporcionando oportunidades de emprego e renda. Então tem alguma coisa errada. Nesse sentido que coloquei meu nome à disposição”, apresentou Cássio Lobato.
Em seguida, Elaine Cardoso Teotônio apresentou ao candidato questões envolvendo a falta de vagas na Educação Infantil e a superlotação no Ensino Fundamental com base na pauta de reivindicações.
O candidato Cássio Lobato pontuou: “O ensino tem, pela Constituição, pela lei, que a prefeitura tem que investir 25% do faturamento na educação. Se eu for eleito, a solução tem que vir de uma conversa com os professores. Chamar um grupo de professores, chamar o sindicato para conversar e entender, porque vocês estão na sala de aula.”
Na abordagem sobre o tema do ensino híbrido, Cássio Lobato considerou que: “Equipamentos adequados são extremamente necessários para o ensino. Considero como investimento e não despesa.” E continuou apresentando suas propostas ao que se refere à saúde do professor: “Equipe multidisciplinar para alunos e professores.”
Em seguida, a diretora pedagógica do SINPREFI deu encaminhamento às perguntas pré-estabelecidas pelo sindicato. A primeira questão tratou do ensino de línguas estrangeiras na rede municipal de ensino, principalmente a língua espanhola, levando em consideração a região de fronteira. O candidato concordou com a instituição deste idioma e falou sobre a implementação da educação ambiental.
O candidato apresentou uma das ações que pretende implementar caso eleito: acesso aos alunos com necessidades especiais em todas as regiões da cidade. Pretende: “Expandir para mais regiões da cidade as instituições preparadas para atender esse público, como a Escola Ponte da Amizade. Não podemos deixar num lugar tão pontual. Há necessidade de concurso público para tirar a sobrecarga dos profissionais.”
Os profissionais da Educação que acompanhavam a videoconferência também puderam fazer perguntas. A primeira pergunta envolveu enquadramento dos Agentes de Apoio do quadro da Educação, capacitação e valorização. As questões seguintes incluíram outros temas: posicionamento sobre a Reforma Administrativa e cargos comissionados; nome para a secretaria da Educação; propostas que apresenta para solucionar a questão dos fundos previdenciários municipais da FozPrev, emprego e renda, especialmente o Fundo Financeiro; pagamento dos retroativos relacionados à avaliação de desempenho e avanços por referências desde 2019; transformação das escolas em escolas cívico militares, fundo de desenvolvimento.
A reunião on-line na íntegra está disponível neste link:
Currículo enviado pelo candidato:
CASSIO LOBATO MACHADO é advogado pós-graduado e empresário do ramo imobiliário. Iguaçuense, 52 anos, casado há 25 anos, cristão, pai de dois filhos. Sua família chegou em Foz em 1950, tornando-se uma das pioneiras. Cássio é do Partido Patriota com a coligação ENDIREITA FOZ (Patriota e PV)
A próxima videoconferência será no dia 10/11 (terça-feira) com a candidato a prefeita: Tatiana Fruet 90 (PROS)
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.