PARCERIA ENTRE SINPREFI E SESUNILA RESULTA EM CURSO DE FORMAÇÃO PARA PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FOZ

O curso de formação para professoras e professores da rede pública municipal de ensino e para integrantes da comunidade de Foz teve início no último sábado (21) à tarde, na Escola Municipal Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, no centro.

O curso de formação sobre “Educação para a Ecologia e Sociedade na América Latina” é resultado de uma parceria entre SINPREFI (Sindicato dos Professores e Profissionais da Educação da Rede Pública Municipal de Ensino de Foz do Iguaçu) e SESUNILA (Seção Sindical da Associação Nacional dos Docentes de Ensino Superior – Andes) e será realizado todos os sábados até 09 de novembro. As vagas eram limitadas e já foram preenchidas.

A diretora de políticas sindicais do SINPREFI, professora Viviane Jara Benitez, deu boas vindas aos participantes, agradeceu às representantes da SESUNILA pela pela projeto e ressaltou que o sindicato tem buscado parcerias para formações continuadas.

As professoras Andreia Moassab, Céline Felício, Senilde Alcântara e Luciana Ribeiro, docentes da SESUNILA, coordenadoras do projeto, explicaram que a formação objetiva desenvolver uma análise crítica sobre ambiente e sociedade e alternativas que busquem um mundo social e ecologicamente mais justo.

Professora Senilde Alcantara Guanaes, docente da UNILA no curso de Antropologia e no Programa de Pós-graduação em Integração Contemporânea da América Latina, deu início à primeira aula com o tema “Ecologia e política na América latina: reflexões sobre o território Guarani”, fazendo um apanhado geral do conteúdo a ser trabalhado e contando um pouco da história dos povos que habitavam e habitam a região de Foz do Iguaçu e a América Latina.

Enquanto as mães participavam da formação, Marli Maraschin de Queiroz, presidente do SINPREFI, Viviane Jara Benitez diretora de políticas sindicais do SINPREFI e Maria dos Santos Peri, auxiliar administrativo do SINPREFI realizavam atividades recreativas com as crianças em outra sala da escola. “Com essa possibilidade, pais e mães que não tinham onde deixar os filhos puderam participar do curso tranquilamente”, afirma Marli. #SINPREFI #SESUNILA #educação #formação #ecologia

 

 

Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.