O SINPREFI iniciou esta semana uma série de Videoconferências Regionais com a participação dos profissionais da Educação. Ao todo serão cinco reuniões on-line, cada dia envolvendo uma região da cidade. A primeira foi realizada com os profissionais da educação da região do Jardim América, ontem (27), às 17h30, utilizando a plataforma Google Meet.

“O SINPREFI quer te ouvir sobre a volta às aulas” foi o tema principal da videoconferência que contou com a participação de mais de 25 profissionais da Educação. Marli Maraschin Queiroz, presidente do SINPREFI, deixou bem claro, no começo da reunião, que, para o sindicato, é de extrema importância ouvir quem está na linha de frente. Elaine Cardoso Teotonio (diretora pedagógica), Viviane Jara Benitez (diretora de políticas sindicais), Ivete Ana Frizon (diretora de previdência e aposentados) auxiliaram na condução da pauta.

Diversos assuntos que envolvem a volta às aulas foram debatidos na videoconferência, entre eles:
– Realidade das instituições;
– Organização das instituições de ensino para a volta às aulas;
– Comunicação escola-família, família-escola;
– Treinamento e orientações aos profissionais da educação antes do retorno das aulas;
– Preocupações com a saúde e proteção dos profissionais da educação;
– Participação dos profissionais nas decisões que envolvem o futuro da educação municipal pós-pandemia;
– Grupos de risco (professores e alunos).

Todos os questionamentos e sugestões foram anotados e catalogados pelo sindicato. Ao final de todas as videoconferências será redigido um documento e encaminhado a SMED.

A presidente do sindicato comunicou que cada filiado irá receber duas máscaras encomendadas pelo SINPREFI. Marli M. de Queiroz relembrou que o SINPREFI enviou ofício para a Secretaria Municipal de Educação (SMED) reivindicando cuidados com a saúde do profissional da Educação. O ofício incluía pedidos de disponibilização de testes de Covid-19 para todos os profissionais da Educação que estivessem fazendo atendimento presencial; formação e orientação aos profissionais e que fosse criado um comitê de planejamento relacionado à volta às aulas pós-pandemia, com a inclusão de todos os setores envolvidos com a Educação, mas o sindicato não teve resposta as reivindicações.

Um pouco antes do término da Videoconferência Regional Jardim América, outros assuntos foram apresentados. Viviane Jara Benitez, que também ocupa a cadeira de presidente do Fundeb em Foz, reafirmou a relevância da união dos profissionais da Educação na votação do Fundeb permanente, ocorrida na semana passada. “A ação de cada profissional da Educação pressionou os deputados para votarem a favor do Fundeb permanente. Contamos novamente com a luta conjunta na votação do Senado.”

Durante a reunião on-line, as diretoras do SINPREFI ressaltaram aos participantes a importância de acompanhar os comunicados e avisos publicados pelo sindicato na Página do Facebook, no site e nos grupos de WhatsApp. Pediram para quem ainda não tem o número de celular do SINPREFI cadastrado que fizesse isso para garantir o recebimento das mensagens via Listas de Transmissão. Avisaram que o atendimento presencial na sede ocorre apenas por agendamento, cumprindo todas as medidas de segurança à saúde. Também foram compartilhadas algumas atividades já agendadas como: Live marcada para o dia 30 de julho com a advogada do SINPREFI, Solange Machado, sobre “Ações Judiciais do SINPREFI” e outra programada para 12 de agosto com uma infectologista.

Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.