Desde a manhã de hoje (12) estão protocolados os ofícios informando a Secretaria Municipal de Educação e a Administração do município de Foz que de acordo com a deliberação da Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 10/02, a categoria de professores e profissionais da educação da rede pública municipal aprovou em 91,3% o estado de greve – alerta para possível paralisação. Decisão que defende a continuidade do ensino remoto até que haja vacina para toda a população e que a pandemia do novo coronavírus esteja controlada.
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.