NELTON FRIEDRICH (PDT) É O SEGUNDO CANDIDATO A PREFEITO A PARTICIPAR DE VIDEOCONFERÊNCIA DO SINPREFI
Nesta terça-feira (20), o SINPREFI realizou a segunda videoconferência com os candidatos a prefeito de Foz do Iguaçu. O segundo a participar foi Nelton Friedrich (PDT). Acompanharam a reunião, com abertura para fazer perguntas, mais de 20 profissionais da Educação Municipal que se inscreveram previamente.
A videoconferência foi conduzida pela diretora de políticas sindicais do SINPREFI, Viviane Jara Benitez, que abriu a videoconferência repassando ao candidato uma das perguntas feitas com base na Pauta de Reivindicações do SINPREFI: a questão da falta de vagas e superlotação nas salas de aula da rede municipal de Educação.
O candidato Nelton Friedrich (PDT) defendeu o posicionamento que adotará para resolver essa questão e completou: “Criança no município sem acesso ao ensino não é só falta de consideração, é falta de visão, falta de planejamento”.
A segunda questão tratou do contexto atual vivido pelos educadores em função do ensino remoto. “Recebemos muitas queixas de profissionais que precisam arcar com custos de internet e equipamentos, além de todo estresse gerado pela situação,” defendeu a diretora do SINPREFI.
Os questionamentos feitos foram elaborados com base da Pauta de Reivindicações do SINPREFI, protocolada no início do ano, na Prefeitura de Foz. Os profissionais da Educação que acompanhavam a videoconferência também puderam fazer perguntas.
As questões incluíram, entre outros temas: implementação do ensino de Espanhol na rede municipal; reformulação do Plano de Cargos e Carreiras do Magistério; enquadramento dos Agentes de Apoio do quadro da Educação; inclusão do ensino do Inglês na rede pública municipal; pagamento dos retroativos relacionados à avaliação de desempenho e avanços por referências desde 2019; posicionamento sobre a Reforma Administrativa; propostas que apresenta para solucionar a questão dos fundos previdenciários municipais da FozPrev, especialmente o Fundo Financeiro; escolha do responsável pela FozPrev a partir de apontamentos dos servidores; proposta para as equipes multidisciplinares nas escolas;
A reunião on-line na íntegra está disponível neste link:
Currículo enviado pelo candidato:
Formado em Direito pela Faculdade de Direito da PUC-PR e participante de diversos programas de estudos nas áreas ambiental/Sustentabilidade, Estado e Políticas Públicas, Desenvolvimento Nacional, Educação e de Novos Indicadores de Bem Estar.
Como liderança política, começou muito jovem na luta estudantil contra a ditadura, sendo presidente do Diretório Acadêmico da Faculdade de Direito da PUC-PR. Foi deputado estadual e líder da oposição no período autoritário, deputado federal duas vezes e membro da Assembleia Nacional Constituinte. Como Constituinte apresentou 513 emendas (sendo o 3º em maior número de propostas, sendo 131 totalmente acatadas) e foi um dos CONSTITUINTES NOTA (o único Nota 10 do Paraná) na avaliação do DIAP, órgão de mais de 500 entidades brasileiras que monitorava os trabalhos de elaboração da Constituição Brasileira.
Foi professor de Colégio Estadual e Colégio La Salle. Candidato do PDT a vice-governador do Paraná nas eleições de 1998 na chapa MDB, PDT e PT e candidato ao Senado pelo PDT do Paraná na última eleição.
Com 29 anos foi Secretário de Estado do Governo do Paraná (de 1983-1986) nas áreas de Meio Ambiente, Controle à Erosão, Energia, Habitação, Água e Saneamento, sendo presidente dos Conselhos de Administração das empresas estatais e superintendências das referidas áreas. Várias iniciativas inovadoras marcaram a gestão à frente da Secretaria de Estado: criação e implantação do marcante Programas Click Urbano e no Click Rural ( que levou energia para 123 mil propriedades rurais e 56 mil residências urbanas); Programa MUTIRÃO HABITACIONAL que beneficiou milhares de famílias de baixa renda e foi implantado em 185 municípios do Paraná; 1º Programa Estadual de Meio Ambiente; Programa de Manejo Adequado de Água e Solo (Programa de Microbacias) em conjunto com a Secretaria da Agricultura e que recuperou 1 milhão de hectares de terras; Programa de Micropoços, entre outros. O MUTIRÃO HABITACIONAL em Foz do Iguaçu denominado 1 de Maio aconteceu no hoje bairro Morumbi, à época uma região pouco habitada da cidade. Foi Secretário Especial da Prefeitura de Curitiba e assessor da Secretária de Estado de Administração do Rio de Janeiro.
Secretário geral e depois presidente por 4 anos da Fundação Alberto Pasqualini, sediada no Rio de Janeiro, quando coordenou com Darcy Ribeiro o processo preparatório e o Congresso Nacional do PDT que culminou com UM PROJETO PARA O BRASIL. Fez parte de várias missões partidárias em visitas de intercâmbio e outros eventos internacionais na América Latina, Europa e China.
Coordenou o FÓRUM CONTRA A VENDA DA COPEL, forte movimento que mobilizou a sociedade paranaense em defesa da Copel nas mãos dos paranaenses.
De 2003 a março de 2017 exerceu a função de Diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu Binacional, participando ativamente de mudanças na missão da Binacional para torna-la uma empresa cidadã mais inserida no desenvolvimento local e regional, na inclusão social, produtiva e tecnológica, com destaca para as iniciativas de forte apoio à Foz do Iguaçu, em especial no papel da empresa na gestão inovadora para a importante área turística. Participou, também, da discussão e decisão para a criação do PTI – Parque Tecnológico de Itaipu Binacional, do Programa de Energias Renováveis (e depois do Centro Internacional de Biogás), da atração de uma sede do Centro Hidrológico Internacional da UNESCO/ONU em Foz do Iguaçu, da definição e implantação da UNILA, do Instituto Federal do Federal.
Foi o de principal criador e coordenador geral por mais de 13 anos do Programa Cultivando Água Boa. Implantado em 29 municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Paraná 3, com mais de 20 frentes de ação, já recebeu 25 prêmios nacionais e internacionais. E a ONU ÁGUA – DÉCADA DA ÁGUA outorgou ao Programa o prêmio de Melhor Gestão Mundial da Água com Participação Social 2015. Da OEA – Organização dos Estados Americanos recebeu o Meio Ambiente e a Secretaria Internacional – ONU – da CARTA DA TERRA outorgou premiação pela aplicação do histórico documento planetário nas ações do Cultivando Água Boa. Reaplicado em estados brasileiros e em 5 outros países, recentemente a FAO-CHILE passou a difundir em 12 países os conteúdos, metodologias e conceitos do Cultivando Água Boa. Esteve em 43 países fazendo palestras sobre o Programa e temas ligados à SUSTENTABILIDADE.
Hoje, dedica-se à implementação da AGENDA 2030 – Transformando nosso Mundo, com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e metas de redução das emissões dos gases de efeito estufa e o aquecimento do Planeta. Defende a Agenda 2030 LOCAL e REGIONAL embasado no conceito de que “OS LOCAIS É QUE MELHOR PODEM FAZER O GLOBAL”.
É vice-presidente do PDT do Paraná e membro nacional e palestrante da Fundação Leonel Brizola/Alberto Pasqualini, com ênfase nos processos formativos e de sensibilização da causa trabalhista e produção de texto/vídeos sobre a temática e membro do Conselho do ORGANIS BRASIL.
Nelton Miguel Friedrich
41 999964019
neltonmf@yahoo.com.br
A próxima videoconferência será na quinta-feira 22/10 com o candidato a vice-prefeito: Diego França Carvalho PC do B (vice-prefeito do Aneocir José Lauermann).
Plano de Governo do candidato:
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.