DIRETORES DO SINPREFI TOMAM SEGUNDA DOSE DA VACINA E INCENTIVAM: SOMENTE COM A SEGUNDA DOSE É POSSÍVEL COMBATER A COVID-19
Diretores do SINPREFI estão tomando a segunda dose da vacina contra a COVID-19, como é recomendado pelas autoridades de saúde. Esta postagem é um incentivo para que todos os educadores, trabalhadores da linha de frente com a população, se imunizem com a segunda dose também.
Pelos dados da Secretaria Municipal da Saúde, pelo menos 2,7 mil moradores não retornaram às unidades de saúde ou à sede da Vigilância para completar a imunização. Foz do Iguaçu tem, até o momento, 96,1% da população adulta vacinada com a primeira dose e 32,6% completou a imunização com a segunda dose ou dose única.
“É uma preocupação muito grande, já que somente com as duas doses conseguimos garantir a proteção suficiente para combater o vírus. Reforçamos o pedido para que a população fique atenta à data informada para o retorno, e mesmo aqueles que perderam o dia determinado, que compareçam à unidade de saúde para receber a segunda dose”, disse a secretária de saúde, Rosa Maria Jerônymo.
De acordo com a diretora de Atenção Básica, Jaqueline Tontini, outro fator que contribui para essa ausência é o receio quanto aos efeitos colaterais da vacina. “Quem tomou a primeira dose da AstraZeneca e teve alguma reação fica com medo de receber a segunda dose. Com um trabalho constante das equipes conseguimos reverter essa situação. Na maioria das vezes, obtivemos sucesso na busca ativa”, afirma.
Vacinação
Somente em agosto, mais de 36 mil pessoas devem receber a segunda dose do imunizante. O público é formado por pessoas de 50 a 64 anos, com comorbidades, trabalhadores da saúde e da educação. Para receber a segunda dose, o morador deve retornar à unidade básica de saúde no dia e horário determinados. “Quando essas pessoas receberam a primeira dose, elas já saíram da unidade com a data e o horário para o retorno. Não há necessidade de agendar o atendimento pelo site da prefeitura, basta procurar a mesma unidade de saúde. Quem vacinou na Vigilância também deve voltar no dia determinado”, informa a coordenadora do programa de imunização, Adriana Izuka.
(Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Foz do Iguaçu)
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.