COMISSÃO PARA TRATAR DE ASSUNTOS DA PREVIDÊNCIA FOI FORMADA EM AUDIÊNCIA PÚBLICA PROMOVIDA PELO SINPREFI E PELO SISMUFI
A Audiência Pública on-line promovida pelo SINPREFI e pelo SISMUFI na noite de ontem (09) alcançou, em alguns momentos, mais de 200 participantes. A realização da audiência foi em resposta à proposta apresentada na Assembleia Geral Extraordinária promovida pelos sindicatos no último dia 02, para a criação de uma comissão para tratar de assuntos relacionados à previdência dos servidores municipais.
Os participantes puderam ouvir três profissionais convidados pelos sindicatos que apresentaram análises técnicas sobre a Reforma da Previdência e junção dos fundos previdenciários municipais. O advogado Ludimar Rafanhim contribuiu enfatizando que a Reforma da Previdência proposta para o município de Foz do Iguaçu vai seguir os mesmos parâmetros das reformas estadual e federal. Ludimar já palestrou em seminários promovidos pelos sindicatos, trabalhando temas sobre regimes próprios de previdência dos servidores públicos e alertou: “Essa reforma vai fazer com que o servidor trabalhe mais tempo, não tenha avanços e nem paridade”.
Outra convidada para fazer uso da palavra foi a advogada do SINPREFI, Solange Machado que há anos acompanha as lutas do sindicato. Solange orientou os servidores interessados em assumir cadeira na comissão para que façam análises levando em conta o menor impacto possível para os servidores e professores. Ela sugeriu que as análises técnicas não sejam feitas em conjunto, mas por um profissional específico.
O terceiro convidado trabalha com sistema previdenciário e regime próprio de previdência do servidor público há mais de 30 anos. Otoni Guimarães falou tecnicamente sobre detalhes com relação à possível junção dos fundos financeiro e previdenciário.
Durante a audiência, os servidores públicos municipais interessados em assumir cadeira na comissão para tratar de assuntos relacionados à previdência apresentaram suas propostas, experiências e interesse de atuar. Foram 25 inscrições feitas previamente para fazer o uso da palavra.
Com quase 3 horas de transmissão, os servidores públicos municipais votaram para eleger os representantes dos cargos titulares e suplentes do SINPREFI e, paralelamente, do SISMUFI.
A votação foi feita via formulário Google, por meio de link compartilhado com os participantes.
FORMAÇÃO DA COMISSÃO PARA TRATAR DE ASSUNTOS RELACIONADOS À PREVIDÊNCIA
REPRESENTANTES DO SINPREFI
216 respostas
Diretores do SINPREFI
TITULAR 1: Joane Vilela
TITULAR 2: – Ilsieiry Adriana Galvão
TITULAR 3: Edinalva Severo (Dina)
SUPLENTE 1: Silvio Benitez
SUPLENTE 2: Maria Judite Blum
SUPLENTE 3: Valentina Rocha Virginio
REPRESENTANTES DO SISMUFI
164 respostas
Diretores do SISMUFI
TITULAR 1: Ana Rosa Roncato, servidora da Saúde
TITULAR 2: Sérgio Adriano Romero, servidor da Administração
TITULAR 3: Karla Karine de Maria Luciano, servidora do CREA
TITULAR 4: André Buriasco, servidor da Saúde
TITULAR 5: Anselmo Hortêncio da Silva Fernandes, servidor da Saúde
SUPLENTE 1: Tony Cleverson Corrêa, servidor da Segurança
SUPLENTE 2: Josias Rodrigues, servidor da Procuradoria Geral do Município
SUPLENTE 3: Jihed Omairi, servidor da Saúde
SUPLENTE 4: Eudeleide Pereira Lopes, servidora Assistente Administrativo Especialista
SUPLENTE 5: Edivaldo Barbosa Vieira, servidor da Administração
Foram 292 respostas de servidores no total. Desse total, 44,3% não são filiados a nenhum dos dois sindicatos, 37,1% são filiados ao SINPREFI e 18,6% são filiados ao SISMUFI.
Dentre outras falas que fizeram, Marli Maraschin de Queiroz (presidente do SINPREFI), Viviane Jara Benitez (diretora de políticas sindicais do SINPREFI) e Aldevir Hanke (presidente do SISMUFI) reforçaram a importância da filiação. Os dirigentes sindicais acreditam no fortalecimento e união da categoria por meio das lutas sindicais. A partir de hoje (10) a comissão está ativa, será feita a conferência dos formulários de votação e os sindicatos informarão os servidores sobre as próximas atividades, entre elas, a criação de um comando que articulará ações como produção e divulgação de material informativo sobre a Reforma da Previdência e outras ações de mobilização da categoria.
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.