Na tarde de ontem (31), representantes do SINPREFI participaram de uma reunião técnica fechada, convocada pelo FozPrev, entre o atuário (profissional que faz as projeções levando em conta instruções do Ministério da Previdência) e o executivo municipal. O tema era o déficit da previdência dos servidores de Foz do Iguaçu. Foi no salão de exposições da Fundação Cultural, em Foz.
O atuário apresentou propostas levantadas com base no estudo técnico do déficit do Fundo Financeiro, um dos fundos geridos pelo FozPrev e que apresenta problemas financeiros graves ocasionados por sucessivas más gestões passadas. O déficit é estimado em R$ 3,5 bilhões. Em contrapartida, representantes do município também apresentaram propostas para solucionar o problema que pode afetar aposentadorias de filiados do SINPREFI e de trabalhadores do setor da educação.
O próximo passo será a convocação de uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores, com data ainda a ser definida, para que o assunto seja debatido com a comunidade. Além disso, SINPREFI e SISMUFI convocarão assembleia para discutir as propostas com as bases.

Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.