Para tratar da proposta de reajuste da data-base 2019, representantes do SINPREFI participaram de reunião com o prefeito Chico Brasileiro e com líderes do SISMUFI. O encontro foi ontem (15), no prédio do gabinete da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

A previsão inicial da prefeitura era de 3,5% de reposição para este ano. A informação foi repassada aos presidentes dos dois sindicatos que representam os servidores: Marli M. de Queiroz (SINPREFI) e Aldevir Gonçalves (SISMUFI), acompanhados de outros líderes sindicais. Mas, o próprio prefeito Chico Brasileiro reconheceu que vai garantir a reposição integral do reajuste nacional da data-base que é de 5,07%. Ele afirmou: “Está garantido 4% para maio,” e complementou, “1,07%, a gente vai sentar nos meses seguintes, provavelmente em agosto, para avaliar o comportamento da receita. Mas, o compromisso que nós vamos mandar para os sindicatos, assinado, é que esse 1,07% está garantido em reposição.”
A presidente do SINPREFI, Marli M. de Queiroz relembrou o prefeito Chico Brasileiro que, no ano passado, a categoria da Educação deliberou, em Assembleia, aceitar, inicialmente, a reposição de 2%, à vista, e seguir com negociações para se alcançar mais 3% de reposição até o mês de novembro de 2018. “Não foi dada continuidade a essa negociação e os profissionais da Educação não receberam até hoje,” afirmou a presidente do SINPREFI.
Também estavam presentes à reunião: a diretora de gestão de pessoas da prefeitura, Rosalete Schimidt dos Santos, a responsável pela diretoria de administração, Vilma Prokopowiski Boschi e o diretor de gabinete, Karl Stoeckl-Kalito.
Os representantes dos sindicatos levarão a proposta para as Assembleias Gerais das categorias já convocadas. A do SINPREFI será na SEGUNDA-FEIRA, DIA 20, ÀS 18H, NA ESCOLA MUNICIPAL ELENICE MILHORANÇA. A Assembleia Geral do SISMUFI será realizada nesta sexta-feira (17). Depois da deliberação das categorias, a proposta precisa passar pela Câmara de Vereadores para aprovação.
Além da data-base, os líderes dos sindicatos trataram de outros assuntos na reunião: questões relacionadas à assiduidade dos profissionais da Educação e a possibilidade de servidoras do município que têm filhos com algum tipo de deficiência terem readequação no horário de trabalho.
Agora, o SINPREFI precisa da participação de todos na nossa Assembleia Geral para debatermos juntos a proposta apresentada pelo município: SEGUNDA-FEIRA (20) | 18h | ELENICE MILHORANÇA!
#SINPREFI #DATABASE

Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.