A Unidade Sindical e Popular de Foz do Iguaçu se reuniu na noite de sexta-feira para finalizar a organização do ato da Greve Nacional do dia 18 de março.

A paralisação está mantida mas, devido ao cenário crítico de possível pandemia em Foz do Iguaçu, a manifestação de rua antes prevista foi convertida num ato menor, do tipo panfletagem e conversa com a população, centrando esforços na defesa dos serviços públicos e da educação e ciência com foco no Covid-19, que tem afligido a população como um todo.

O risco de pandemia é grave e devemos envidar esforços para que a doença não atinja e nem se espalhe pela região. Não podemos ficar indiferentes a essa atual conjuntura. A situação real demonstra a fundamental importância de acesso universal à saúde e à educação, contra a mercantilização da vida.

Aproveitamos para divulgar o aplicativo desenvolvido pelo SUS com informações sobre o COVID-19. O app ainda realiza uma triagem virtual, indicando se é necessário ou não a ida a hospitais >> https://play.google.com/store/apps/details…

Defenda o SUS!

Defenda a educação pública e gratuita!

Saúde e educação são investimentos, não “gastos”.

Pela revogação da EC95, que congela os investimentos em saúde e educação!

Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.